quinta-feira, 27 de setembro de 2007

planeta Benfica, liga de N. Senhora de Fátima e sportém


duas exibições muito fracas, marcaram a semana Benfiquista.
não ganhamos há três jogos (o último foi EV, um empate com vitória nas penalidades), pelo que só resta ganhar no sábado para que seja invertido este ciclo negativo de D-E-EV.
esta manhã recebi uma mensagem que diz bem da dimensão planetária do nosso clube.
foi enviada de Paris para a Oceânia e reenviada para a Ásia e falava da miséria de jogo que estávamos a fazer.
agora segue-se o sportém. e tudo o que seja diferente dos 3 pontos, não me deixa satisfeito.

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Cajuda.


Grande entrevista de um treinador (benfiquista) muito especial...

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

nada a apontar


nada a apontar.
dois erros defensivos que são sempre aproveitados pelo milan, a equipa mais cínica da europa e arredores.
duas ocasiões clamorosas, uma delas absolutamente surreal, falhadas.
atendendo às condicionantes, acabámos por fazer um bom jogo.
cheguei a temer o pior.
o Quim foi mal batido no primeiro golo, apesar da bola ter sido bem colocada pelo pirlo.
o segundo golo é o milan em todo o seu esplendor. responsabilidade para Miguel Vítor que perdeu a bola infantilmente depois de um canto a nosso favor.
mas, nada a apontar.
o milan é de outra divisão. quase todos os 11 jogadores da equipa inicial estão há vários anos a militar nas fileiras rossoneri. alguns deles (muitos) campeões da europa por duas vezes ao serviço do colosso italiano.
nós apresentámos 4 jogadores que já tinham jogado na champions e sete estreantes.
desses, muitos chegaram há cerca de 18 dias ao Benfica: Edcarlos, Maxi, Rodriguez, Luis Filipe, Gilles... outros pouco mais de um mês: Di Maria. alguns nem eram para fazer parte do plantel: Miguel Vítor e Gilles.
destaco, pela negativa o falhanço de Cardozo... incrível.
Cardozo que, a meu ver, lutou muito, mas quase sempre sozinho contra uma das melhores defesas do Mundo, acabou por ser o sacrificado para a entrada de Nuno Gomes. ora, como todos nós percebemos de táctica, considero que foi aí que deixámos de ter qualquer hipótese. nunca mais atacámos porque o Nuno Gomes não é jogador para estar preso aos centrais e, desde a sua entrada, deixámos pura e simplesmente de ter a bola porque não houve espaço para tal. a defesa e o meio campo milaneses subiram e bola nem cheirá-la.
Luís Filipe é talvez o pior defesa direito que vi jogar no Benfica. simplesmente não dá uma para a caixa. a culpa não é dele, é de quem o contratou. mas dá realmente dó ver um jogador destes a envergar o manto sagrado. Luís Filipe é assim uma espécie de mistura de todos os defeitos de dudic, okonowo, gary charles com os defeitos inatos que já ostenta. perfeitamente desastrado, perde bolas infantis, é batido com uma facilidade incrível. enfim, como já li na blogosfera encarnada, jogámos com um a menos.
Edcarlos conseguiu fazer lembrar king.
Maxi deve ter jogado a primeira vez naquele lugar desde que aos 9 anos se apresentou na equipa dos subúrbios de montevideu.
Maestro esteve acima da média, mas uma andorinha não faz a primavera. acho que se deu demasiado destaque ao seu regresso a S. Siro.
agora, seguem-se os jogos da liga com nome de site de apostas, e é aí que temos de nos concentrar até ao dia 3, quando defrontarmos os ucranianos que, pelo que vi ontem, são bons de bola. o lucarelli que esteve para vir para nós marcou um golo estupendo e o brandão é jogador.
vistas as coisas, 2-1 não foi um mau resultado... o manchester levou 3-0 na última visita ao giuseppe meazza.

terça-feira, 18 de setembro de 2007

pressão

passei boa parte da tarde numa guerra de palavras com um italiano que vive em Hong Kong e que é tiffosi do milan.
guerra aberta, com apostas pelo meio.
mas quando põem uma notícia destas no site até apetecer que a derrota que vão sofrer não seja tão pesada.
hoje, o Rui Costa vai chorar, mas de alegria pela vitória.

hora C de Champions


aí está a champions.
são sempre dias nervosos. começa-se o dia com o hino da champions, dá-se uma vista de olhos pelos jornais desportivos nacionais, uma espreitadela à marca e à gazzetta dello sport, trocam-se piropos na net com conhecidos italianos e, nos intervalos, trabalha-se.
desde 2005 que é assim.
primeiro Koeman, onde chegámos aos quartos.
depois engenheiro, onde não passámos da primeira fase.
agora Camacho, onde esperamos pelo menos passar da primeira fase.
para já, um forte revés: a lesão do Armando Teixeira.
vêm à memória recordações daquele Março de 1995 onde um charter de uma companhia de aviação que não me lembro o nome guiou-me até Milão para ver o Benfica.
perdemos 2-0, o tavares saiu (diz-se que com problemas intestinais) aos 23 minutos, o cannigia marcou um golo que foi anulado e simone marcou dois.
se, com essa equipa mediana, onde nelo era o número 10, ainda fizemos coisas bonitas, então com a equipa que temos hoje, podemos aspirar a mais.
um empate seria um excelente resultado, até porque não temos nenhum dos centrais titulares pronto para alinhar.
é preciso vontade, querer e, sobretudo, muita capacidade de sofrimento. o milan é uma grande equipa de futebol. o ano passado ganhou 3-0 ao campeão inglês, depois de ter perdido 3-2 no palco dos sonhos.
milan tem kaka, tem seedorf para as curvas, tem pippo como único ponta-de-lança, tem aquele que era o melhor jogador do milan para o filho do nosso Rui (pilro), tem o gattuso (petit lá do sítio). mas tem uma defesa demasiado estática. o oddo, o kaladze e o jankulovski são bons jogadores, mas quiçá duros de rins. assim uma espécie de pesaresis com mais classe. claro que têm alessandro nesta, mas isso não chega até porque dida pode estar em dia não.
nós temos um conjunto interessante de jogadores que podem fazer estragos no giuseppe meazza.
Di Maria vai com toda a certeza querer mostrar-se. Rui está como nunca o vi jogar! e Cardozo vai pelo menos espetar uma batata (de livre).
na direita tem de jogar Nélson, até porque o tal do homónimo do orelhas, apesar de querer fazer as coisas bem, não tem nível para jogar nestes palcos.
e como já apostei com um amigo italiano um jantar, espero não ter de pagar.
Champions 2007-2008: até moscovo!

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

boa notícia


ao contrário do que seria esperado, na medida em que normalmente a prioridade é total para os jogos dos bifes, a star sports asia tem anunciado o jogo de amanhã no San Siro!
mas uma boa razão para que o Benfica ganhe!

fio de jogo, Maestro e Gomes

apesar da hora tardia e do dia de saída que normalmente faz elevar os níveis de álcool no sangue, consegui ver do início ao fim, o jogo do passado sábado.
entrámos mal na partida. não pressionamos, não conseguimos mostrar melhoras. foram, por assim dizer, quinze minutos à Benfica de nandinho.
mas eis que Di Maria abre para Cebola que, sem contemplações, remata colocado sem hipótese para o guardião taborda.
a partir daí, fomos o Benfica de Camacho. pressionantes q.b., com momentos de futebol de outro planeta. o golo do Maestro, aliás, toda a jogada iniciada por Rui Manuel Costa que culmina na finta genial do Maestro e no remate para o 2-0, foi um hino ao futebol.
tal como o terceiro golo. abertura estupenda de Maestro para Cebola que centra com conta, peso e medida para a cabeça do nosso Capitão, sequioso de golos. tal como premeditou o Benfica Forever Champions, num comentário ao post anterior, escrito horas antes da partida, o Nuno Gomes marcou um golo de se lhe tirar o chapéu. esperamos que dê continuidade já na próxima terça-feira.
destaco ainda os seguintes pontos:
1. Léo - intratável!
2. Quim - idem idem aspas aspas!
3. Petit - esperemos que seja só mês e meio.
4. Butt - sintomático o ar de desespero depois de um punhado de grandes defesas do Quim, como que a dizer: "vou ter de falar com o empresário, para me arranjar um lugar em Dezembro"... a tvi, claro que aproveitou para mostrar.
5. Rui Costa - a comemoração com os adeptos, apesar de ser na altura em que taborda estava a ser assistido, diz bem da pérola, da maestria, da classe e do amor à camisola que o nosso 10 transpira! fenomenal. para mim, futebol é isso mesmo.
agora segue-se o milan. acho que vamos vencer. não por mor de um qualquer bicho optimista que me mordeu, mas porque vejo uma grande atitude na equipa. falta Petit, é verdade, mas o Romeu Ribeiro vai arrancar uma exibição de encher o olho. tenho é medo do tal do Edcarlos... mas com um Quim daqueles na baliza, não temos nada a temer. o milan é forte, é o campeão da europa, é isto e aquilo... mas nós também temos valor e, sobreutdo, temos Rui Costa.

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

murro naval.

gosto do Scolari.
sobretudo porque fez com que passasse outra vez a gostar da selecção pós vergonha de 2002, onde tive a oportunidade de ver ao vivo aqui na terra e depois na Coreia um grupo de rapazes comandado por um dos cancros do futebol português e que é uma das faces visíveis da podridão do nosso futebol.
acho que Scolari tem direito a errar. como já disseram na tertúlia Benfiquista, Scolari fez bem, até porque o dragutinovic (reparem que tem um nome com afinidades ao dragão) agrediu o Petit e distribuiu fruta (da outra) durante o jogo todo.
agora, Scolari não tem culpa de não ter alguém que mande dentro do campo. não tem culpa de o maior produto de marketing do futebol (que por acaso até parece não ser tão parvo como isso, porque tem a angelina como mulher dos sonhos) ande pelo campo a tentar resolver sozinho. ou muito me engano, ou este ano o tal do cr vai fazer uma das piores épocas desde que está em Inglaterra.
gostava de ter o Scolari como treinador do Benfica. Scolari é pé quente, transmite garra, sabe o que faz. não tem ponta-de-lança, mas isso não é culpa dele.
claro que gosto mais de ter o Camacho, mas se não puder ser Camacho, que seja Scolari (até porque o Mourinho, só daqui a 20 anos). aliás, em pleno Europeu de 2004, falava-se na vinda dele, e sonhei com conquistas.
por tudo o que disse, e apesar de condenar o murro frente às câmaras (podia tê-lo feito na saída para os balneários), desculpo o Scolari.
não podemos de um dia para o outro condenar um Homem que nos fez felizes durante dois importantes certames (apesar de no segundo, poder ter apostado mais em Nuno Gomes).
agora a Naval.
parece que Camacho vai manter a aposta em Miguel Vítor. aplaudo. acho que o miúdo tem futuro e se está bem, não há necessidade de mudar.
estou confiante, o que costuma ser mau sinal. estou tranquilo. tranquilidade que advém de termos um gajo que percebe do que está a fazer.
amanhã o jogo dá na RTP. e como desde o ano passado que não ganhamos em casa para a liga, vamos ganhar amanhã e, creio, por muitos. é um feeling.
terça-feira, em Milão, o Benfica vai voltar aos grandes resultados na Europa.

sábado, 8 de setembro de 2007

folga


Camacho deu 3 dias de folga aos nossos jogadores.

parece-me bem.
um dia, caso se portem mal, terá legitimidade para lhes tirar as folgas.

um bom gestor de recurso humanos - ninguém me tira da cabeça que, por muitas tácticas que possam dar, um treinador não é mais do que isso, ainda para mais quando está a lidar com jogadores da bola - é isso que faz.

não só pela folga, mas também pelo que podem ver no vídeo que foi colocado no memória gloriosa pelo bakero:

quarta-feira, 5 de setembro de 2007

a força do pipi!

nada como um pipi esforçado... e do sportém... dizia-se, no meu tempo, que eram os pipis mais bonitos.
haja paciência para o jornal oficial do sportém.

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

simplicidade, Maestro e Tacuara!

pois que, à semelhança do que aconteceu no ano de Trap, esta madrugada consegui acordar, por volta das 4:15, para ouvir o relato... mas perante a preferência dada pela antena 1, pelo menos durante os minutos em que estive acordado, a um jogo entre clubes que já foram do mesmo grupo, isto é, clube mãe e satélite, deixei-me dormir.
atribuí tal atitude, quando acordei em sobressalto às 7 da manhã, aos seguintes factores:
1. acredito em Camacho e tal faz-me dormir mais descansado;
2. passei um fim-de-semana levado da breca e precisava mesmo de descansar;
3. apoderou-se de mim o mesmo sentimento que tinha no ano de Trap e, como sei que vamos ser Campeões, deixo-me dormir de propósito... na época de 2004/05, cada vez que me deixava dormir, o Benfica ganhava...
seja como for, os rapazes cumpriram a missão e às sete da manhã lá andei no GPRS a procurar o resultado... claro que, a partir daí ainda dormi mais descansado...
duas notas:
2. Tacuara é REFORÇO e Di Maria pode vir a ser um caso sério.
agora vêm as selecções, o que é pena, por um lado, porque semana sem Benfica não é semana, mas é bom por outro lado, visto que Camacho assim pode conhecer melhor a ferramenta que tem à disposição... os que vão trabalhar para as selecções, já ele conhece.
nota final - claro que antes de ver o GPRS já tinha uma SMS (apenas uma, e depois do final do jogo) que dizia: "Amo Maestro, é um golão de classe pura"! mas quis saber por quantos tínhamos ganho!

domingo, 2 de setembro de 2007

proibido falhar, plantel e confiança

o resultado animador desta semana, a melhoria de atitude na equipa, a recepção que o Benfica teve na Madeira, os mais dois treinos que Camacho orientou, o fecho do período de inscrições, são tudo factores que me levam a acreditar que, apesar da pressão que o record gosta de pôr nos nossos, vamos levar de vencida a equipa do nacional, esta madrugada na choupana, estádio (?) onde José António Camacho nunca conseguiu ganhar ao serviço do Benfica. claro está que num desses jogos, o árbitro era um tal de augusto duarte e que até ficou um penalty por marcar... e que esse jogo faz parte da acusação formal do processo chamado "apito dourado"...
noutro registo, lá ficámos com um plantel de 31 jogadores, ainda que com alguns juniores e com pelo menos dois jogadores em RLD, i.e., recuperação de longa duração: Mantorras e Moreira.
ficou assim, depois do corropio das última semanas, o plantel do Sport Lisboa e Benfica (época 2007/08, pelo menos 2007 até janeiro de 2008):
guarda-redes: Moreira, Butt, Quim e Bruno Costa (Moreira RLD)
defesas: Luís Filipe, Edcarlos, Luisão, Léo, Miguelito, Zoro, Nelson, David Luiz, Miguel Vítor;
médios: Petit, Katsouranis, Rui Costa, Maximiliano Pereira, Gilles, Nuno Assis, Romeu Ribeiro e André Diaz (não foi inscrito na Champions)
avançados: Cardozo, Bergessio, Di María, Fábio Coentrão, Nuno Gomes, Cristian Rodriguez, Freddy Adu, Mantorras (em RLD) e Yu Dabao (não foi inscrito na Champions).
para grande pena, a pré-época acabou por ser penosa... mas com apenas uma das contratações* (e descontratação do seu antecessor), estou confiante para uma boa época... há que recuperar o atraso e essa tarefa começa já na próxima madrugada, na choupana.
*entrevista da contratação mais importante... a simplicidade de Camacho arrepia!